Meu primo (Flávio Rubens) 1º colocado no Festival de Choro.

É com muito orgulho que deixo neste post a minha homenagem ao meu primo Flávio Rubens (o Tico) que conquistou a primeira colocação no 1º Festival de Choro que ocorreu no  Sindicato dos Bancários de Mogi das Cruzes no dia 23 de Abrill. Mandou bem, Parabéns PRIMÃO… Para quem não sabia (como eu…) este festival foi idealizado por Gente Bamba Produções e Associação Cultural Flor do Itapeti, e tem como objetivo preservar o choro, esse que é um gênero musical genuinamente brasileiro, trazendo a público conhecidos chorões, compositores, intérpretes, como também revelar novos talentos. Deixo abaixo o vídeo do evento para compartilhar com todos os leitores do meu blog.

2 comentários em “Meu primo (Flávio Rubens) 1º colocado no Festival de Choro.

  1. Muito bom este evento. Participo do Seminario Internacional Vital dedeiros desde o 1º. Hoje, já passou do 10º. Ganhou projeção internacional.
    Com o Choro acredito que trilhará a mesma trajetória, ou bem parecida.
    Faltei um dia no Seminario, que foi em Suzano, mas valeu a pena.
    Parabéns aos organizadores, à iniciativa, e principalmente a todos os chorões.
    Luiz Costa

  2. em tempo: O Seminário Internacional Vital Medeiros é de violão Clássico/Erudito. Homenageia o professor Vital Medeiros, falecido em janeiro/2001.
    PARTICIPEM!!!
    Luiz Costa
    eleceacosta@gmail.com

    Patrono do Seminário
    Integrou o primeiro ” Paulitano de Violões”, sendo “spala” entre 1961/1972 . Contratado na mesma época, sendo piloto de provas da Série de Violões para concertos da Violões Gianinni. Depois foi consultor técnico da Ind. Phelpa de Guitarras. Atuou como solista e camerista em recitais no Teatro Municipal de São Paulo, outros da Capital e pelo Brasil. Teve contato também com Mozart Bicalho, Andrés Segóvia e Narciso Yepes. Participou de programas violonísticos de rádio e televisão. Sendo admirado entre seus pares pela facilidade em ler músicas ao violão à primeira vista. Dedicou-se a transcrições, didática musical e violonística. Foi professor por alguns anos e também formou duo com Tadeu do Amaral, integrante do Quarteto Brasileiro de Violões. Entre os demais alunos, inclui também Paulinho Nogueira. Morador de Mogi das Cruzes, viveu com modéstia, integridade e dedicação até os seus ultimos dias.

Deixe uma resposta para Luiz Costa Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.