Arquivo mensal: novembro 2011

unixODBC com PostgreSQL

Fica aqui uma receita de bolo de como configurar o unixODBC no banco PostgreSQL, ou seja configuração dos arquivos .ini e teste de conexão.

Conteúdo do arquivo odbc.ini

[nome-banco]
 Description = DESCRICAO DO BANCO
 Driver = /usr/lib64/unixODBC/libodbcpsql.so
 Database = nome-banco
 Servername = 127.0.0.1
 Port = 5432
 #Protocol            = 6.4
 ReadOnly            = No
 RowVersioning       = No
 ShowSystemTables    = No
 ShowOidColumn       = No
 FakeOidIndex        = No

Também modifiquei o arquivo odbcinst.ini

 [PostgreSQL]
 Description     = PostgreSQL driver for Linux & Win32
 Driver          = /usr/lib64/unixODBC/libodbcpsql.so
 Setup           = /usr/lib64/unixODBC/libodbcpsqlS.so
 CommLog         = 1
 FileUsage       = 1

Para testar a conexão via odbc, basta utilizar o comando abaixo:

isql [nome-banco] [login] [senha]
+---------------------------------------+
| Connected!                            |
|                                       |
| sql-statement                         |
| help [tablename]                      |
| quit                                  |
|                                       |
+---------------------------------------+
SQL> 

e-Pronto!

Última geração do Android hackeada com uma foto: Não é bem assim!

Encontrei em diversos posts a notícia  que menciona sobre a falha no sistema operacional Android referente ao desbloqueio do celular utilizando a tecnologia de reconhecimento facial. No meu ponto de vista a interpretação esta errada, pois toda tecnologia de reconhecimento facial geralmente processa um quadro extraído de um fluxo de vídeo ao vivo.

Logo, então técnicas de visão computacional devem serem aplicadas para evitar a utilização de fotos assim evitando fraude. Eu mesmo posso utilizar a tecnologia Tegra 2 da NVIDIA para verificar se a imagem esta “VIVA”. Assim evitando o uso de imagens estáticas para o processo de identificação.

Por exemplo, conforme mencionado em posts anteriores, utilizando um conceito similar a  teoria da estimativa de gaze, é possível encontrar as  coordenadas aproximadas em  3 dimensão a  partir de imagens planas.  Teste laboratoriais demonstrou a  eficiência deste conceito matemático. Pretendo elaborar  uma biblioteca para interagir com a libhairCapture utilizando API V4L1/2 e cameras IP baseado no padrão MJPEG  (ISO/IEC15444-1 e  derivados).

A  seguir a rotina  utilizada  para  o cálculo das coordenadas  no  espaço 3D seguido do  vídeo.

double x1 = r->x*scale; double x2 = (r->x+r->width)*scale; double angle = (r->width)*scale * horizontalGradesPerPixel * 3.141592654/180; double headDist = (headWidth/2) / (tan(angle/2)); //em metros double xAngle = ((img->width)/2.0 - ((r->x+r->width*0.5)*scale)) * horizontalGradesPerPixel * 3.141592654/180; double headX =  tan(xAngle) * headDist; double yAngle = ((img->height)/2.0 -((r->y+r->height*0.5)*scale)) * verticalGradesPerPixel * 3.141592654/180; double headY = tan(yAngle) * headDist; printf("HeadX = %.4lfm HeadY = %.4lfm HeadZ = %.4lfm pix %lf\n", headX,headY,headDist,(img->width)/2.0 - ((r->x+r->width*0.5)*scale));

openSUSE 12.1 – Contagem regressiva

“Faltam 5 dias para o lançamento do openSUSE 12.1. Dentre as novidades vale ressaltar: – Snapper: primeira distro a oferecer suporte ao snapshot do sistema de arquivos BTRFS. – SAX está de volta; – Linux kernel 3.1; – systemd: boot mais rápido; – Repositório Tumbleweed ao estilo “rolling release”; – KDE 4.7; – GNOME 3.2; – GNOME Shell 3.2: com a extensão “alt-status-menu”; – LXDE 0.5; – Xfce 4.8; Confira a lista completa no link.”

20 anos! Parabéns Vim…

“Em 2 de novembro de 1991, Bram Moolenaar publicava a primeira versão do edito vim. O vim nasceu como um clone para Amiga do editor vi criado por Bill Joy em 1976, adicionando algumas funcionalidades extras, daí seu nome (VI iMproved ou VI Melhorado). Este editor se adaptou rapidamente a outras plataformas. O site ars technica publicou um excelente artigo sobre este editor devido a seu aniversário: http://arstechnica.com/open-so[…]vity-vims-20th-anniversary.ars

Fonte: Notícias Linux!

Firefox 8 disponível!

Para a alegria geral do universo, está disponível o Firefox 8, entre as principais melhorias estão:

  • Add-ons instalados por programas de terceiros agora são desabilitados por padrão
  • Adicionado uma caixa de seleção de add-on para a administração dos add-on previamente instalados
  • Adicionado barra de busca para o Twitter
  • Adicionado uma preferência para carregar abas sobre demanda, melhorando a inicialização quando as janelas são restauradas
  • Adicionado suporte a CORS para texturas de domínios cruzados WebGL
  • Adicionado menu de contexto do HTML5
  • Adicionado suporte para insertAdjacentHTML
  • Aprimorado a animação da aba quando movendo, ordenando e desatachando.
  • Aprimorado performance e uso da memória quando usado elementos <audio> e <video>
  • Aprimorado suporte a CSS hyphen para muitas linguagens
  • Aprimorado suporte a WebSocket
  • Corrigido diversos problemas de estabilidade

Arduino no openSUSE.

Para trabalhar com o Arduino no openSUSE, deixo aqui uma receita de bolo:

1 –  Adicione os repositórios necessário no openSUSE.

# zypper ar http://download.opensuse.org/repositories/home:/kwk:/arduino/openSUSE_11.4 arduino
# zypper ar http://download.opensuse.org/repositories/CrossToolchain:/avr/openSUSE_11.4 cross-av

2 – Atualize o repositorio:

# zypper ref

3 – Adicione os grupos lock, uucp e dialout se não existir, e logo em seguida efetue um logout e login.

4 – Execute o comando arduino.

# arduino

5 – Confira a configuração da porta USB/Serial entrando na opção Tools->Serial Port -> /dev/ttyACM0

6 -Agora carregue o programa fonte Blink localizado na opção File -> Examples -> 1.Basics -> Blink.

7 – Compile e efeute o  upload do programa na placa, e PRONTO! O led começará a piscar.

 

LinuxCon 2011, presença confirmada!

Estarei na LinuxCon ministrando a palestra sobre Android, A LinuxCon Brasil é a principal conferência de Linux da América do Sul, oferecendo um espaço único de colaboração e educação para todos os assuntos relacionados ao Linux. A LinuxCon Brasil traz o melhor que a comunidade Linux tem a oferecer, incluindo desenvolvedores centrais, administradores, usuários finais, executivos de negócios e especialistas em operações – os melhores talentos técnicos e decisores e especialistas da indústria envolvidos na comunidade Linux. Clique AQUI e confirme a programação.

Instalando a impressora Brother MFC7440N no Linux

Abaixo uma receita de bolo de como instalar a impressora Brother MFC7440N no openSUSE. Primeiramente efetue o download dos RPMs brmfc7440nlpr-2.0.2-1.i386 e cupswrapperMFC7440N-2.0.2-1.i386 no link: http://download.bartl.net/public/Driver/Printer/Brother/MFC-7440N/Linux/

Após o download instale o RPM recém obtido com o comando abaixo:

# rpm -ivh brmfc7440nlpr-2.0.2-1.i386.rpm cupswrapperMFC7440N-2.0.2-1.i386.rpm
Agora altere a conexão da impressora conforme o exemplo abaixo n o CUPS e pronto!
Description: MFC7440N
Location: lpd://10.0.0.17/BINARY_P1
Driver: Brother MFC7440N for CUPS (grayscale, 2-sided printing)
Connection: lpd://BRN001BA9261CE2/BINARY_P1