Acabo de testar o software   Klavaro e sugiro a sua utilização em tele-centro  ou escolas que  deseja proporcionar  cursos  de  digitação.  Para  quem  não  conhece este pacote  disponível na  plataforma Windows  e  Linux,  veja o texto  a  seguir extraido do guia do hardware:

“Há algumas décadas digitar passou ser uma verdadeira “arte”. Com o surgimento das máquinas de escrever, os datilógrafos passaram a se tornar peças importantes na sociedade, afinal tal arte pouca gente dominava. Por isso, foram criados os cursos de datilografia, essenciais para muitos empregos até a década de 80 e início de 90.

Os computadores pessoais foram se tornando cada vez mais comuns e, por agregar inúmeras funções em apenas uma, passaram a habitar cada vez mais casas, substituindo inclusive a máquina de escrever. E como tudo que vira popular, todo mundo começou obrigatoriamente a digitar, e a profissão de datilógrafo foi entrando em extinção.

Hoje, podemos afirmar que a maioria com acesso à um PC já sabe digitar, e dentro desta parcela há uma fatia que simplesmente acha que digita rápido em comparação aos outros, entretanto, não atinge nem 50% da velocidade que poderia atingir. Por exemplo, quem atualmente digita usando quatro dedos apenas pode dobrar a velocidade de escrita usando os 10 dedos. Um trabalho de 3 horas acaba caindo para 1h30, uma verdadeira economia de tempo. E, quem consegue digitar razoavelmente rápido, também pode ter alguns vícios indomáveis durante a digitação.

Para isso temos os programas de digitação, famosíssimos no Windows, como o “HJ”, que muita gente já usou, principalmente em escolas. Porém, no Linux há uma deficiência em programas nesse sentido, vários com interface gráfica deficiente (ou nula), e sem suporte adequado aos teclados.

Justamente para esse fim, o programador brasileiro Felipe E. F. de Castro e o designer Szczepan Marchewka da Polônia criaram o Klavaro, tradução de “teclado” em esperanto, com intuito de oferecer um programa simples e completo de digitação para o Linux, e por tabela, ao Windows.”

Fonte Guia do Hardware: http://www.guiadohardware.net/dicas/klavaro.html
Download  e informaçôes: http://klavaro.sourceforge.net/pt/index.html