Hoje a minha Cunhada perguntou se eu queria um tipo de protetor para celular (logo imaginei a polêmica de radiação que causa cancer). Deixo neste post a minha opinião particular sobre este assunto. Em primeiro lugar se você estiver realmente incômodando, sugiro utilizar os fontes de ouvido cabeados presente atualmente em quase todos os modelos de equipamento e/ou smartphones.

Porém vamos aos fatos:

Em 31 de maio de 2011, a OMS publicou um documento (Clique aqui para obter o relatório) que contrasta com as publicadas anteriormente. Atualmente não existem estudos suficientemente esclarecedores para se afirmar que os efeitos desse tipo de exposição são totalmente seguros para a saúde.

Em pleno século 21 somos bombardeados com radiação e não é possível fugir dela. A maior fonte é o sol. Não podemos esquecer das antenas de rádio,TV e celulares que também emitem radiação. As redes de transmissão sem fio, telefones sem fio também emitem algum tipo de radiação.

Radioatividade Ionizante:

Esta sim é nociva e sabemos muito bem, pois vem da tecnologia nuclear, pode matar e realmente provoca câncer. Em contra-partida é utilizada para tratar o câncer (radioterapia). Esta radiação é denominada INOZANTE, tem ondas de alta frequência que chegam até o átomo, altera a estrutura molecular, provocando a formação do câncer.

Radioatividade Não-Ionizante:

Esta radioatividade é de baixa freqüência, agita os átomos, produz calor, mas não altera a matéria. Nenhum membro da OMS deixou de utilizar aparelhos celulares apesar de seus estudos.

Resumidamente todo este barulho é derivado do fato que os celulares emitem radiações classificada em nível 2B em uma escala de risco que vai de 1 a 4. O 4 indica nenhum risco. No nível 2B, não há evidências de perigo. Nos próximos dez anos, os cientistas terão muito trabalho até conseguir chegar a uma conclusão com embasamento técnico sobre as consequências do uso do celular na saúde do ser humano.

Um pesquisadora Dinamarquesa de Câncer diagnosticou as taxas de câncer foram quase as mesmas das que não faziam uso do aparelho.  “Até agora, o único uso de celular que certamente faz mal para a saúde é no trânsito. Dirigir falando ou mesmo lendo e escrevendo mensagem, aumenta em quatro vezes o risco de acidente. “

ATENÇAO: Crença é algo muito poderoso. Se você realmente acredita que algo pode causar algum mal à sua saúde, então isso vai acontecer, confirma professores da Universidade de Essex que lidera este tipo a pesquisa.