mkvBaseado na Wikipédia, Matroska é o nome de uma iniciativa ousada para a criação de formatos universais de containers de audio e video digitais. O nome é derivado da grafia romana matrioska – bonecas típicas russas, no qual uma boneca grande contém outra menor, que contém outra, e assim sucessivamente.

Sendo  assim, os  formatos  ligados ao Matroska permitem conter dados resultantes de diferentes tipos de codificações (ou codecs) de vídeo (DivX, Xvid, RV9, etc.)  e som (MP3, MP2, AC3, Ogg, AAC, DTS, PCM).  Para criar  arquivos de vídeo MKV  (Matroska) a  partir  de vídeos de  diversos codecs junto ao arquivo  de legenda  (SRT, ÁS, SEU, USF, etc.),  sugiro ler  este artigo no Viva O Linux.

Resumidamente, Matroska é um container que trabalha em cruz, sem patente, com um formato de código aberto  (CLARO). Matroska não é um codec (como MPEG-1, XviD, DivX, ou VP3), e sim um container onde podemos pode colocar video(s) + audio(s) + legenda(s).  Para os usuários Windows  (CREDO), sugiro este link para download.