Pesquisas em diversos lugares do mundo como da Universidade de Oxford, UC Berkeley e de Genebra comprovou a capacidade de decifrar números pensado por pessoas. Utilizando  Eletroencefalografia (EEG: Análise gráfica com eletrodos das correntes elétricas criada no encéfalo), com testes aplicados em sere humanos, foi possível descobrir PIN, endereço e cartões de créditos nas “cobaias” apresentando apenas imagens associadas a informação desejada. “Por exemplo, apenas exibindo uma foto de um caixa eletrônico foi possível hackear a mente dos participantes e obter as senhas de acesso às suas contas e até, em alguns casos, o número do cartão de crédito” (estou tranquilo não sei o número do meu cartão de crédito hehehe). Com técnicas utilizadas por soldados como Disciplina Mental, é possível bloquear os acessos as informações. Estou fazendo alguns estudos nas poucas horas vagas sobre análize da minha produtividade (atividades cerebrais) durante a decifração de padrões. Além de aculumar dados da atividade no hipo campo e lombo temporal. Bom em breve novidades…

Fonte: http://www.wired.com/threatlevel/2012/08/brainwave-hacking/