Em teste laboratoriais esta comprovado que é possível testar a expressão facial com a biblioteca de visão computacional openCV da Intel. Os resultados foram mais que satisfatórios para quem estava com sono e cansado. Os fontes foram baseados na  técnica que “consiste na utilização da aplicação da transformada de Haar em uma cascata de classificadores treinados utilizando o pseudo-algoritimo Adaptative Boosting.”

smiles