You are currently browsing the category archive for the ‘openSUSE’ category.

Deixo neste post a  minha receita de bolo de como instalar e configurar o pacote openVPN na família SUSE e openSUSE. Primeiramente instale os pacotes openssl e openvpn.

Primeiramente instale o pacote openvpn:

# zypper in openvpn

Copie os scripts easy-rsa para a pasta /etc/openvpn

# cp -a /usr/share/openvpn/easy-rsa /etc/openvpn/

Edite o arquivos vars com as suas informações, e logo em seguida execute o mesmo:

# cd /etc/openvpn/easy-rsa
# vi vars
export KEY_COUNTRY=BR
export KEY_PROVINCE=SP
export KEY_CITY=Bebedouro
export KEY_ORG=”NETi”
export KEY_EMAIL=”jedi@opensuse.org”
# source vars NOTE: when you run ./clean-all, I will be doing a rm -rf on /etc/openvpn/easy-rsa/keys

Execute o comando clean-all e build-ca para criar o certificado raiz.

# ./clean-all
# ./build-ca

Agora criaremos o certificado do servidor:

# ./build-key-server serverdell00

Fique atento ao Common Name

Common Name (eg, your name or your server’s hostname) []:serverdell00

Se tudo estiver funcionando corretamente, teremos a seguinte mensagem:

Write out database with 1 new entries
Data Base Updated

Agora o comando abaixo

# ./build-dh

Agora criaremos a chave do cliente.


#./build-key-pass eduardoeth0

Generating a 1024 bit RSA private key
………………….++++++
………………………………++++++
writing new private key to ‘luiz.key’
Enter PEM pass phrase: Digite a sua senha aqui
Verifying – Enter PEM pass phrase: e aqui

Fique atento ao Common Name

Common Name (eg, your name or your server’s hostname) []:eduardoeth0

Se tudo estiver funcionando corretamente, teremos a seguinte mensagem:

Write out database with 1 new entries

Data Base Updated

Crie a pasta /etc/openvpn/keys e copie os arquivos (ca.crt  dh1024.pem  util001.crt  util001.key):

# cp -a ca.crt util001.crt util001.key dh1024.pem /etc/openvpn/keys/

Crie um novo arquivo ipp.txt na pasta /etc/openvpn com o conteúdo a seguir, este arquivo será utilizado para o serviço dhcp da nossa VPN:

cabelo,10.0.35.8
leandro,10.0.35.12
fernando,10.0.35.16

Agora pra finalizar o arquivo de configuração do server VPN, crie o mesmo na pasta /etc/openvpn com o nome server.conf contendo  as informações abaixo:

port 1194
proto udp
dev tun
server 10.243.35.0 255.255.255.0
ifconfig-pool-persist /etc/openvpn/ipp.txt
push “route 10.243.36.0 255.255.255.252”
push “redirect-gateway def1”
tls-server
dh /etc/openvpn/keys/dh1024.pem
ca /etc/openvpn/keys/ca.crt
cert /etc/openvpn/keys/util001.crt
key /etc/openvpn/keys/util001.key

Pronto, agora basta iniciar o serviço:

# rcopenvpn start

O mouse quase deu a volta completa no meu quarto com o pacote Synergy. Para quem não conheçe, é um software que permite que o usuário compartilhe um único teclado e mouse com vários computadores conectados por uma rede TCP/IP. Você poderá simplesmente mover o mouse para o canto da tela para que o mouse passe pro computador secundário configurado. Enquanto seu mouse está na tela do outro computador tudo que o usuário digitar no teclado irá para o mesmo computador.”

Abaixo a configuração exemplo do arquivo /etc/synergy.conf no servidor:

section: screens
lapdell01.neti:
Atrix:
vostro200-01:
philco01.faria:
iPad-do-CABELO:
end

section: links
lapdell01.neti:
left = Atrix
right = vostro200-01
Atrix:
right = lapdell01.neti
left = philco01.faria
vostro200-01:
left = lapdell01.neti
right = iPad-do-CABELO
philco01.faria:
right = Atrix
iPad-do-CABELO:
left = vostro200-01
end

Execute o seguinte comando no servidor:

# synergys -f --config /etc/synergy.conf

E abaixo a linha de comando para executar na máquina clientes.

$ synergyc --no-daemon [IP-SERVIDOR]

Veja o vídeo a seguir:

Como de costume, lembrei de postar os links 1-Click Install dos pacotes multimídia (codecs, encrypted DVDs e outos) do sistema openSUSE 12.1. Sendo assim, disponibilizo logo abaixo os links para o KDE e Gnome.

“Faltam 5 dias para o lançamento do openSUSE 12.1. Dentre as novidades vale ressaltar: – Snapper: primeira distro a oferecer suporte ao snapshot do sistema de arquivos BTRFS. – SAX está de volta; – Linux kernel 3.1; – systemd: boot mais rápido; – Repositório Tumbleweed ao estilo “rolling release”; – KDE 4.7; – GNOME 3.2; – GNOME Shell 3.2: com a extensão “alt-status-menu”; – LXDE 0.5; – Xfce 4.8; Confira a lista completa no link.”

Já está disponível o contador para o openSUSE 12.1. Como sempre, é disponibilizado em vários tamanhos:

Os tamanhos são grande, médio e pequeno respectivamente. Para colocar no seu site, por exemplo, usando o tamanho médio

<img src="http://counter.opensuse.org/medium" border="0"/>

Ao instalar e configurar uma conexão ADSL no openSUSE 11.4, esbarrei na seguinte mensagem: “Não foi possível encontrar o pacote linux-atm-lib. Ao resolver este pequeno problema, resolvi deixar a resolução do mesmo aqui neste post.

  • Primeiramente instale os pacotes libatm1, linux-atm e linux-atm-devel.
  • Edite o arquivo /usr/share/YaST2/modules/DSL.ycp, trocando a linha 571 o conteúdo linux-atm-lib para libatm1.
  • Entra na pasta /usr/share/YaST2/modules.
  • Execute o comando ycpc -c DSL.ycp e yast ./DSL.ycp.
  • Instale o programa smpppd e qinternet.
  • Entre no YAST, selecione DISPOSITIVO DE REDE e logo a seguir DSL.
  • Adicione um novo dispositivo dsl0.
  • Cadastre o provedor e não esqueça de selecionar o modo PPP “PPP sobre Ethernet”.
  • Informe o provedor, login e senha.

Pronto, agora e execute o qinternet, se tudo estiver funcionando corretamente aparecerá uma nova imagem no trayicon para conexão e desconexão. Até o próximo post.

A Caixa Econômica Federal distribuirá camisetas com estampa do seu twitter em QRCODE. Isto mesmo, são 400 código de barras 2D não premiados e 200 premiados espalhados nas parede do Stand. Para localizar os códigos premiados e seguir amigos a partir do QRCODE estampado em camisetas, sugiro já instalar o software TwitterMe disponível no Google Market (foto de instalação abaixo) para a plataforma android, o NeoReader ou SocialWayne QR Code Reader para iPhone (deve existir mais para a plataforma APPLE) e o software Zbar para computadores PC.Ao encontrar o QRCODE premiado, uma maquina com openSUSE 11.4 criará o código de barras 2D do usuário para somente então stampar na camiseta.

Após a conclusão da instalação do NVIDIA CUDA 4 conforme o post anterior, compartilho o finalização dos testes laboratoriais nas madrugadas e final de semana, onde utilizo a biblioteca openCV na plataforma openSUSE 11.4 utilizando a GPU.

Após o download dos fontes da biblioteca openCV, devemos fazer algumas pequenas alterações:

– Crie as pastas abaixo para manter a compatibilidade com o CUDA 3.2 e não perder muito cabelo:

/usr/local/cuda/NPP/SDK/common/lib64/
/usr/local/cuda/NPP/SDK/common/npp/include/

– Copie as bibliotecas do CUDA 4 SDK a seguir na pasta lib64:

libnpp.so (link simbólico)
libnpp.so.4 (link simbólico) 
libnpp.so.4.0.17

– Copie os arquivos .h do CUDA 4 SDK abaixo na pasta include:

nppcore.h  
nppdefs.h  
npp.h  
nppi.h  
npps.h  
nppversion.h

Agora um cmake para começar a brincadeira…

cmake \
        -DCMAKE_BUILD_TYPE=RELEASE \
        -DBUILD_LATEX_DOCS=OFF \
        -DBUILD_OCTAVE_SUPPORT=ON  \
        -DBUILD_PYTHON_SUPPORT=ON  \
        -DBUILD_SWIG_PYTHON_SUPPORT=ONF \
        -DBUILD_TESTS=ON \
        -DENABLE_OPENMP=OFF \
        -DENABLE_PROFILING=OFF \
        -DBUILD_PYTHON_SUPPORT=ON  \
        -DBUILD_NEW_PYTHON_SUPPORT=ON \
        -DCMAKE_INSTALL_PREFIX=%{_prefix} \
        -DLIB_INSTALL_DIR=%{_libdir} \
        -LIB_SUFFIX=64 \
        -DBUILD_EXAMPLES=ON \
        -DINSTALL_C_EXAMPLES=ON \
        -DINSTALL_OCTAVE_EXAMPLES=ON  \
        -DINSTALL_PYTHON_EXAMPLES=ON  \
        -DWITH_1394=ON \
        -DWITH_CUDA=ON \
        -DWITH_FFMPEG=ON \
        -DWITH_GSTREAMER=OFF \
        -DWITH_QT=ON \
        -DWITH_GTK=ON \
        -DWITH_JASPER=ON \
        -DWITH_JPEG=ON \
        -DWITH_PNG=ON \
        -DWITH_TIFF=ON \
        -DWITH_V4L=ON \
        -DWITH_XINE=ON \
        -DCUDA_NPP_LIBRARY_ROOT_DIR=/usr/local/cuda/NPP/SDK/ \
        -DENABLE_SSE=ON \
        -DENABLE_SSE2=ON \
        -DENABLE_SSE3=ON \
        -DENABLE_SSSE3=ON \
        -DENABLE_SSE41=ON \
        -DENABLE_SSE42=ON \
        .       

Para finalizar um video demonstrando um FaceFind COM UMA WEBCAM USB e o alto processamento utilizando a api NVIDIA CUDA 4 com openCV.

Arquivo

Statísticas

  • 613.315 Acessos

ATENÇÃO!

 °v° USE A FORÇA,
/(_)\ LEIA OS FONTES !
 ^ ^

openSUSE 11.4