You are currently browsing the category archive for the ‘openSUSE’ category.

500px-Heroes_logo

Este post foi criado, em função do amigo Thiago Sartori Costa, que acaba de entrar no mundo Verde da Força. Para facilitar a vida de TODOS novos usuários que acabam de ingressar-se no mundo openSUSE, onde acredito existir várias dúvida como: Qual cliente de email? Reprodutor MP3? Player de Video? Editor de Vídeos não linear?

A seguir o botão 1-click Install. que resolver estes questionamentos,  pois este botão instala os primeiros softwares principais para a tarefa do dia a dia como: o cliente de email  Thunderbird, VLC, MPV, Codecs proprietários  e editores de vídeos. Qualquer dúvida em cabelo@opensuse.org

Neste post, veremos como executar recurso 1-click-install do openSUSE na linha de comando. Como exemplo utilizei o link para o pacote multimidia do openSUSE:

OCICLI http://opensuse-community.org/codecs-gnome.ymp
If you continue, the following repositories will be subscribed:
 * http://ftp.gwdg.de/pub/linux/packman/suse/openSUSE_13.2
 * http://opensuse-guide.org/repo/13.2/
If you continue, the following software packages will be installed:
 * dvdauthor07
 * ffmpeg
 * flash-player
 * gstreamer-plugins-bad
 * gstreamer-plugins-bad-orig-addon
 * gstreamer-plugins-base
 * gstreamer-plugins-good
 * gstreamer-plugins-good-extra
 * gstreamer-plugins-libav
 * gstreamer-plugins-ugly
 * gstreamer-plugins-ugly-orig-addon
 * libdvdcss2
Continue? y/N

opensuseCAB

Contagem regressiva para o openSUSE 13.2. Esta versão conta com o suporte de Geo Localização assim permitindo trazer informações baseada na sua latitude e longitude aproximada, KDE Plasma Workspaces 4.14,  Qt 5.3. O destaque fica para o do KDE Connect que permite um interação sensacional entre o computador e o smartphone. Enfim são tantas novidades que prefiro nem começar redigir, acesse o link http://software.opensuse.org/131/pt_BR e seja feliz…

opensuseCAB

Até agora não entendi o motivo, mas o notebook da minha irmã com Windows 7 e openSUSE 12.3 da noite para o dia perdeu o grub2. E seguinte ela, estava no Linux trabalhando normalmente e no dia seguinte o equipamento entrava somente no Windows 7. O lado bom é que ela pediu para arrumar e não ficou na zona de conforto utilizando Windows. Bom, para os leitores do meu blog, deixo aqui uma receita de bolo para quem passar por algum problema similar.

  • Insira o DVD de instalação do openSUSE e entre no modo Rescue (recuperação);
  • Efetue o login como root;
  • Execute os comand fdisk -l para verificar e localizar a partição raiz;
# fdisk -l
Disk /dev/sda: 500.1 GB, 500107862016 bytes
255 heads, 63 sectors/track, 60801 cylinders, total 976773168 sectors
Units = sectors of 1 * 512 = 512 bytes
Sector size (logical/physical): 512 bytes / 512 bytes
I/O size (minimum/optimal): 512 bytes / 512 bytes
Disk identifier: 0x28000000
Dispositivo Boot      Start         End      Blocks   Id  System
/dev/sda1              63      305234      152586   de  Utilitário Dell
/dev/sda2          307200     1843199      768000    7  HPFS/NTFS/exFAT
/dev/sda3         1843200   152840191    75498496    7  HPFS/NTFS/exFAT
/dev/sda4   *   152842238   976752639   411955201    f  W95 Ext'd (LBA)
/dev/sda5       152842240   157034495     2096128   82  Linux swap / Solaris
/dev/sda6       157036544   240926719    41945088   83  Linux
  • Em seguida utilize o comando mount e mount –bind;
# mount /dev/sda6 /mnt
# mount --bind /dev /mnt/dev
# mount --bind /proc /mnt/proc
# mount --bind /sys /mnt/sys
  • Em seguida para finalizar, utilize o comando chroot grub2-mkconfig (se necessário)  grub2-install;
# chroot /mnt
Rescue:/> grub2-mkconfig -o /boot/grub2/grub.cfg
Rescue:/> grub2-install /dev/sda

E pronto!

dicas01Ao instalar um RPM, obtive o seguinte erro:

$ rpm -ivh nomedopacote-linux-x86_64-setup-45927654.rpm
Preparando...                         ################################# [100%]
erro de configuração - item 'LASTLOG_ENAB' desconhecido (notifique o administrador)
erro de configuração - item 'LASTLOG_ENAB' desconhecido (notifique o administrador)
Updating / installing...
1:nomedopacote                 ################################# [100%]

Para solucionar o problema, basta alterar a linha 286 do arquivo /etc/login.defs conforme o exemplo a seguir e pronto!

# vi  /etc/login.defs
286: LASTLOG_ENAB    yes

Como de costume, posto os links 1-Click Install dos pacotes multimídia (codecs, encrypted DVDs e outos) do sistema openSUSE 12.3. E também abaixo os links para o KDE e Gnome.

A seguir os novos recursos da versão 12.3 do sistema openSUSE, ressalto que todos os crédito do texto a seguir atrui-se ao Embaixador Carlos Ribeiro :

Icon-distribution.png Retoque
openSUSE 12.3 concluiu a integração de systemd e proporciona uma melhor experiência de log do sistema com journald. O Gerenciamento de pacotes recebeu atenção especial para deixar as ferramentas gráficas trabalharem de forma mais confiável e um novo tema também traz uma experiência consistente de boot para desktop. O openSUSE mudou-se o tamanho de 1 GB para nossas Live images e a plataforma ARM fornece uma estável versao do openSUSE 12.3 para ARMv7 para esta arquitetura excitante enquanto um primeiro preview de imagens ARM 64bit também está disponível.
Icon-cleanup.png Polindo
Os últimos desktops trazem um polimento adicional para os usuários com muito manuseamento rápido metadados, novo gerenciamento de impressão e melhor integração do bluetooth e do KDE Plasma Desktop, GNOME Shell com suas notificações, uma melhor gestão de arquivos e conta também com a integração para o MS Exchange.
Icon-feature.png Características inovadoras
openSUSE 12.3 traz novas tecnologias para usuários como a inclusão de PostgreSQL 9.2 que vem com suporte nativo JSON (estilo NoSQL). O MariaDB tornou-se o padrão ao invés do MySQL. Esta é a primeira versão do openSUSE com OpenStack um completo “Folsom” para os fãs de nuvem e esta estreiando o lançamento do E17 como desktop e gerenciadores de janelas impressionantes.
Preferences-system-performance.png Avançando
openSUSE avança com a inclusão de aplicativos atualizados. DigiKam 3.0 vem com capacidades muito expandidos para processamento em lote de imagens e novos filtros e melhorias com plugins; as principais aplicações PIM receberam atualizações com a evolução, uma pasta de pesquisa automaticamente atualizada e verificação ortográfica, um filtro rápido do Kontact pesquisa os conteúdos de e-mail e tem um editor melhorado. As ferramentas de desenvolvimento como o KDevelop, MonoDevelop e Valgrind tem apoio Android preliminar; bibliotecas de desenvolvimento, como GTK3 e plataforma de desenvolvimento do KDE estão incluídos com o novo lançamento. Esta versão também traz suporte adequado a UEFI para hardware x86_64 e experimental suporte para hardware Secure Boot habilitado.

Deixo neste post a dica de como alternar entre 2 placas de vídeos em computatores e/ou notebooks que carregam na configuração 2 placas de vídeos como os computadores Dell inspiron.

Primeiramente com o pacote kernel-source devidamente instalado e configurado (via YAST ou manualmente), instale o pacote fglrx64_xpic_SUSE122-9.002-1.x86_64.rpm localizado em:http://geeko.ioda.net/mirror/amd-fglrx/openSUSE_12.2/x86_64/

Modo fácil, no AMD Catalyst Control Center pode mudar para a GPU intel e AMD com apenas alguns cliques conforme as figuras a seguir:

amd4

amd2

amd1

Modo JEDI (console)

Obtendo informações da placa de vídeo ativa:


# fglrxinfo
display: :0  screen: 0
OpenGL vendor string: Advanced Micro Devices, Inc.
OpenGL renderer string: AMD Radeon HD 7700M Series
OpenGL version string: 4.2.11931 Compatibility Profile Context

Com a GPU ATI, testaremos a sua performance e veremos um desempenho de 1700 fps:


# fgl_glxgears
Using GLX_SGIX_pbuffer
5211 frames in 5.0 seconds = 1042.200 FPS
5017 frames in 5.0 seconds = 1003.400 FPS
8507 frames in 5.0 seconds = 1701.400 FPS
6168 frames in 5.0 seconds = 1233.600 FPS
6700 frames in 5.0 seconds = 1340.000 FPS
6841 frames in 5.0 seconds = 1368.200 FPS
8632 frames in 5.0 seconds = 1726.400 FPS

amd3

Alternando para placa intel:


# aticonfig --px-igpu
PowerXpress info: Diagnostic output from /usr/lib64/fglrx/switchlibglx:
Switch to Intel

PowerXpress: Integrated GPU is selected (Power-Saving mode), please restart Xserver(s) for changes to take effect!

Obtendo informações e testando o desempenho (agora teremos apenas 60 fps).


# fglrxinfo
display: :0  screen: 0
OpenGL vendor string: Tungsten Graphics, Inc
OpenGL renderer string: Mesa DRI Intel(R) Ivybridge Mobile
OpenGL version string: 3.0 Mesa 8.0.4

# fgl_glxgears
Using GLX_SGIX_pbuffer
274 frames in 5.0 seconds = 54.800 FPS
301 frames in 5.0 seconds = 60.200 FPS
301 frames in 5.0 seconds = 60.200 FPS
301 frames in 5.0 seconds = 60.200 FPS
302 frames in 5.0 seconds = 60.400 FPS
301 frames in 5.0 seconds = 60.200 FPS
301 frames in 5.0 seconds = 60.200 FPS
301 frames in 5.0 seconds = 60.200 FPS

Retornando a GPU ATI com  principal:


# aticonfig --px-dgpu
PowerXpress info: Diagnostic output from /usr/lib64/fglrx/switchlibglx:
Switch to AMD

PowerXpress: Discrete GPU is selected (High-Performance mode), please restart Xserver(s) for changes to take effect!

Valeu Stage…

Hulk-green-suse-1280x800

Acabo de disponibilizar os pacotes RPM para openSUSE e SUSE Linux Entreprise 11 na plataforma 32 e 64 bits dos produtos PostgreSQL, gSOAP e PostGIS. O PostgreSQL 9.1.4 foi liberado em 04/06/2012 e as novidades podemos obter AQUI. A biblioteca gSOPA foi disponibilizada na versão 2.8.8 liberada em 19/02/2012,  finalizando pacote PostGIS 1.5.4 liberado em 06/05/2012 e as novidades esta disponível neste link.

PostgreSQL:

PostGIS:

gSOAP:

Parabéns a todos os alunos da ETEC de Bebedouro que estão utilizando openSUSE 12.1, com  isto carregarão consigo a experiência deste sistema operacional GNU/Linux, desenvolvida pela comunidade openSUSE de forma gratuita.

O openSUSE 12.1: Inclui as atualizaçãoes do Kernel (3.1), do desktop Gnome (3.2.1), bem assim do KDE (4.7.2), do XFCE (4.8.3) e do LXDE (0.5.5). O gnome Shell 3.2.1 teve muitos bugs corrigidos e numerosas pequenas melhorias. Suporte ao ownCloud facilitado com Mirall. O openSUSE 12.1 é a primeira distribuição linux a integrar o sistema de gerenciamento de cores Oyranos. Suporte a todas as tecnologias de virtualização, incluindo xen 4.1.2, KVM e VirtualBox 4.1.8. Usuários do SUSE Studio já podem construir versões exclusivas do openSUSE 12.1, com pacotes personalizados, scripts, etc. Inclui o Snapper, uma ferramenta nova e única que utiliza a funcionalidade de instantâneos do sistema de arquivos btrfs para visualizar versões antigas de arquivos e reverter a alterações. Integração do Snapper ao gerenciador de pacotes zypper permite reverter atualizações do sistema e mudanças de configuração.

Arquivo

Statísticas

  • 560,347 Acessos

ATENÇÃO!

 °v° USE A FORÇA,
/(_)\ LEIA OS FONTES !
 ^ ^

openSUSE 11.4